comida libido

Alimentos que realmente aumentam a libido em mulheres e homens

Quando hipócrates disse que a comida é o melhor remédio e que você é o que come não estava errado. Com certeza, pode ser que o filósofo não  estava com a disfunção erétil em mente, mas o princípio mantém-se. Alguns alimentos possuem qualidades que podem ser úteis para a gestão de ejaculação precoce ou da impotência sexual.

Naturalmente, os alimentos que ajudam a ejaculação precoce a falta de libido nas mulheres não devem ser a única maneira de lidar com este Desafio sexual, mas incluir um ou mais na sua dieta todos os dias pode contribuir para uma melhor função erétil.

Melhores alimentos para aumentar a libido em homens e mulheres

comida libido

Os melhores alimentos para aumentar a libido em homens e mulheres são:

1 – Beterraba e suco de beterraba

Consumir o suco de beterraba é frequentemente associado à melhoria da pressão arterial. De fato, um estudo recente na hipertensão relatou que beber 8,5 onças de suco de beterraba diariamente por quatro semanas resultou em um declínio na pressão arterial sistólica e diastólica, bem como uma melhoria de aproximadamente 20 por cento na capacidade de dilatação dos vasos sanguíneos e uma redução de 10 por cento na rigidez da artéria.

Uma vez que os nitratos são consumidos, eles são convertidos em óxido nítrico, que abre os vasos sanguíneos e melhora o fluxo sanguíneo. Um exemplo vem do Journal of the American College of Nutrition, no qual o suplemento de extrato de beterraba “forneceu vantagens neuromusculares” durante o exercício de resistência. Outro é visto em um estudo de 2016 no óxido nítrico, no qual pesquisadores descobriram que a beterraba reduziu o consumo de oxigênio durante o exercício moderado e pesado e aumentou a tolerância ao exercício. Você pode fazer seu próprio suco de beterraba ou obtê-lo em suplementos.

Contudo, se o seu problema é ejacular muito antes do tempo então pode ser que sejam necessários adaptar também algumas técnicas médicas. Nesse caso, que fique claro que a alimentação balanceada não é o único tratamento para ejaculação precoce, apesar de ajudar na solução do problema. Afinal, o problema envolve situações emocionais, hormonais, entre outras possibilidades.

2 – Pimenta

Se queres aquecer a tua vida sexual, então as famosas chili peppers deve estar no menu. A capsaicina é o ingrediente Bioativo dos pimentões que podem relaxar as artérias e facilitar um melhor fluxo sanguíneo para os músculos, coração e outros órgãos, incluindo o pênis. A capsaicina é útil para reduzir o colesterol e a pressão arterial, bem como para proteger contra os coágulos sanguíneos. Há também evidências de que a capsaicina pode melhorar o desempenho do exercício e a fadiga.

Embora se saiba que a capsaicina aumenta a produção de trifosfato de adenosina (ATP), que está intimamente envolvida na produção de energia, um novo estudo relatado em nutrientes explorou ainda mais este conceito. Os cientistas avaliaram o impacto da ausência de capsaicina (controlo) ou capsaicina administrada a ratinhos em várias doses ao longo de quatro semanas, após as quais os animais foram testados quanto à fadiga e ao desempenho do exercício. A capsaicina aumentou a concentração de glucose, bem como o teor de glicogênio hepático, que é uma importante fonte de energia para o exercício.

3 – Vegetais de modo geral

Os vegetais  estão entre os alimentos mais saudáveis que se pode comer. De couve-de-Bruxelas a couve, couve-flor a couve, estes vegetais são conhecidos não só pelas suas propriedades de luta contra o cancro, mas também por ajudar o ejaculação precoce Isso é porque eles ajudam a regular hormônios que excretam estradiol, o que por sua vez aumenta os níveis de testosterona.

No homem, T baixo é frequentemente associado a níveis elevados de estradiol. Portanto, se você comer alimentos que bloqueiam o estrogênio, você pode ajudar a aumentar os seus níveis de testosterona naturalmente. Os vegetais crucificados contêm fitonutrientes capazes de interferir com o estradiol. Fazer com que seja um objetivo incluir pelo menos uma porção de vegetais escuros diariamente.