Benefícios do vinho

Uma taça de vinho diária, com a comida, é para muitos um aditivo necessário para sua rotina. De acordo com detalham alguns especialistas, essa ação é benéfica para o nosso organismo. Por isso, a partir deste blog de saúde contamos-lhe alguns dos principais benefícios do vinho. Mas cuidado, você tem que beber com moderação, já que o consumo excessivo é prejudicial: tudo é benéfico em sua justa medida.

Seja tinto ou branco, o vinho tem uma série de virtudes que fazem com que o nosso organismo o aceite de maneira confortável. Há cientistas que explicam que os benefícios do vinho dependem do conteúdo de alcoholque contenha. Deste modo, um homem adulto não deve exceder as duas taças diárias, enquanto que uma mulher deveria ficar em uma.
Mas se alguma coisa há que saber do vinho é que a substância que traz os benefícios é chamado resveratrol. Este componente tem propriedades antioxidantes e anticancerígenas. Com isso, é o sistema cardiovascular, o que mais deixa de sentir os benefícios do vinho. Deste modo, podemos dizer que o vinho traz benefícios ao coração, mas eu insisto, sempre na sua justa medida.
Por outro lado, o vinho também tem outros benefícios para o organismo. É um bom aditivo para aumentar os níveis de desejo sexual e também pode atuar como um antidepressivo.
Quanto a se ficar com o tinto ou branco, não há uma qualidade que prime, em um mais do que em outro. Por exemplo, o tinto tem mais conteúdo do referido resveratrol, enquanto que o branco tem umas moléculas antioxidantes que são benéficos para travar uma moléculas que afetam de forma prejudicial para os tecidos pulmonares. Por isso, o vinho tinto traz benefícios para o coração, graças ao resveratrol, enquanto o vinho branco previne o câncer de pulmão.

Seja como for, lembre-se, o vinho é bom, mas com moderação.
Visita Transilvânia, na Roménia