Como escolher a chupeta do bebê

A saúde do recém-nascido é uma das questões primordiais que cuidam de todos os pais. Para fazer isso você tem que decidir quais itens e cuidados são os ideais para o bebê. Entre as preocupações está em saber como escolher a chupeta do bebê, um tema que explicamos mais no blog da saúde.

Em primeiro lugar, para escolher chupeta há que assegurar-se que cumpre com as normas de segurança, e que não representa um perigo para a saúde do pequeno. Em segundo lugar, há que se vigiar o tamanho, e certificar-se de que você escolhe uma chupeta com um tamanho adequado para a idade do bebê.
Também é recomendável escolher chupetas que sejam de uma única peça, para evitar que o bebê possa engolir alguma parte por desprendimento. Do mesmo modo, as chupetas de uma peça costumam ser mais fáceis de limpar do que os que têm mais de uma. Além disso, a chupeta tem que lavá-lo com freqüência e esterilizarlo apenas em momentos específicos, mais ainda que nos primeiros meses de vida do bebê, com a ideia de evitar o contágio. Neste sentido, ao comprar uma chupeta novo é recomendável mergulhá-lo em água fervida cerca de cinco minutos, para evitar possíveis germes.
Na hora de escolher a chupeta, os pais podem duvidar entre látex ou silicone. Na realidade, a escolha depende de com qual se sente mais confortável para o bebê, já que não há grandes diferenças entre as duas opções. O que é aconselhável é escolher o látex quando começam a salirle os dentes, já que este é mais resistente aos petiscos.

Uma das dúvidas que surge entre os pais é quando mudar a chupeta. Não há uma resposta concreta a esta dúvida, já que depende do uso de chupeta. O que é conveniente é alterá-lo quando estiver deteriorado. Também é aconselhável não dar a chupeta para crianças maiores de dois anos.