Estados Unidos da américa começou com a vacinação contra a Gripe A

Continuam a chegar notícias relacionadas com a primeira pandemia do século XXI, a já famosa Gripe A, que continua a propagar-se por todo o mundo, afetando milhares de pessoas. Nas últimas horas foi anunciado que os Estados Unidos da América começou a aplicar as novas vacinas contra o vírus H1N1 em seres humanos.

Se bem que parece que o assunto já não ocupa os primeiros titulares dos meios de comunicação, não é bem assim. A Gripe A continua a ser um tema central na agenda de todos os governos.
Agora as principais informações sobre esta doença estão relacionadas com os primeiros testes de vacinas em humanos. Há meses que se vem falando sobre a produção da vacina e a urgente necessidade de começar a vacinar todas as pessoas, sem distinção de país, sexo ou raça.
Segundo se soube, através dos meios de comunicação, Estados Unidos tomou a iniciativa e começou a vacinar os seus cidadãos. Conforme relatado pela agência de notícias Reuters, o início da campanha de vacinação em território norte-americano começou de forma lenta. Os estados têm ordenado a mais de 2 milhões de doses para os primeiros pacientes, que, em sua maioria, receberão sprays nasais, publicou a agência de notícias Reuters.
A Organização Mundial da Saúde (OMS), que segue de forma atenta tudo relacionado a esta doença mundial, recomenda que os países que, desde o primeiro momento que você começar a aplicar estas vacinas, vigiem a segurança das mesmas e informar sobre eventos adversos, informou o site do organismo internacional.
É importante acrescentar que, de acordo com as últimas estatísticas oficiais divulgadas pela OMS, laGripe A H1N1 já infectou cerca de 343.298 pessoas, a maioria destes casos foram relatados na região das Américas. Os mortos até o momento, a causa desta doença, já atingem os 4.108, informou o site da OMS.

Imagem sujeita a licença CC