Principais causas do infarto

Quando as artérias se obstruem o fluxo sanguíneo é insuficiente, o coração sofre o risco de ter um infarto. O infarto do miocárdio tem especial incidência naquelas pessoas que não se cuidam e que têm elevados fatores de risco. A partir deste blog de saúde te contamos quais são as principais causas do infarto.

Infarto é uma palavra que não costuma gustarnos nada, já que implica uma série de fatos que tendem a ser relutantes, como a morte. Por isso, é importante conhecer os fatores de risco, como uma das causas do infarto, mas sempre insistindo em que há que levar uma vida saudável para evitá-los, assim como hábitos alimentares saudáveis.
O infarto do miocárdio ocorre porque as artérias coronárias bloqueadas, para que o oxigênio não chega ao coração, ele não pode mover-se e as células do tecido não recebe sangue morrem. Uma série de atos concatenados que obedece principalmente a duas causas: a aterosclerose e a trombose. Junto a elas, o vasoespasmo também pode ser outra causa comum do infarto do miocárdio.
Por isso, entre as causas que motivam o infarto está a aterosclerose. Um núcleo de gordura obstrui as artérias, impedindo que o sangue circule normalmente e obstruindo a artéria. O colesterol, por exemplo, provoca a aterosclerose.
Outra causa comum, para o infarto é o coágulo de sangue. Assim, os vasos sanguíneos se formam trombos que derivam da trombose, o que também impede a passagem do sangue.

Além disso, o vasoespasmo pode considerar-se como outra das principais causas do infarto. Apesar de que em algumas ocasiões não se conhece com exatidão o motivo que o provoca, o tabaco, o álcool ou as drogas (como a cocaína), podem provocar um espasmo da artéria que impeça a circulação do sangue.