Queixa de Um en Argentina

Se bem que o governo da Argentina, através de suas autoridades sanitárias, está lutando uma batalha difícil contra a dengue, não deixe de prestar atenção à situação da Gripe A H1N1 no país. Em relação a este último, é importante destacar que, nas últimas horas, chegaram as vacinas para prevenir a Gripe A, uma doença que a data para causado em torno de 15.921 mortes no mundo.

Terça-feira, 23 de fevereiro chegou, pela primeira vez, um lote de vacinas contra a Gripe A (H1N1), a região sul do Brasil. O encarregado de receber as doses, foi o próprio Ministro da Saúde argentino, doutor Juan Manzur, que aproveitou para se aplicar a tão esperada vacina contra esta doença, segundo conta o site oficial da Secretaria de Estado.
Na ocasião, a espanha, explicou que este carregamento que acaba de chegar ao Brasil é formado por um milhão de doses de vacinas, publicou na web, que acrescentou que as mesmas serão distribuídas por todo o país para vacinar a população e defendê-la de uma doença que causa milhares de mortes.
No âmbito deste importante evento, Manzur realizou a apresentação oficial da Campanha Nacional de Vacinação contra o Novo Vírus Influenza A (H1N1), informou o site do Ministério de Saúde da Argentina.
Antes de terminar este artigo de jornal, seria importante acrescentar que, de acordo com os últimos dados oficiais da Organização Mundial da Saúde, a Gripe A (H1N1) causou, até o momento, um total de 15.921 mortes em todo o mundo, informou o site da OMS, que acrescentou que a maior parte dos óbitos se deram no território das Américas.
Se você quiser saber mais sobre a Gripe A H1N1, este blog convida-o a ler o nº especial sobre esta doença.

Imagem sujeita a licença CC