Tratamento para a cocaína, uma nova Vacina

A humanidade continua a sorprendiéndose com os recentes avanços e descobertas do mundo da medicina, jamais pensados em outras épocas. Por exemplo, uma das notícias mais importantes dos últimos dias é a relacionada à criação de uma vacina contra o vício em cocaína, uma das drogas mais conhecidas e consumidas do planeta.

Se bem que o tema da Gripe A H1N1, e a urgente necessidade da produção em massa de uma vacina para combater uma doença que causou a morte de quase 5.000 pessoas em todo o mundo, tem sua atenção do mundo, os cientistas não deixam de seguir pesquisando em outras áreas da medicina.
Por exemplo, os meios de comunicação fizeram eco da notícia de que existe a possibilidade de que no futuro, os viciados em cocaína (droga altamente viciante e estimuladora do sistema nervoso central) podem recorrer a um tratamento médico para deixar de consumir.
Em relação a este tema, há que mencionar que se realizaram nos Estados Unidos os primeiros testes em seres humanos, os quais se lhe aplicaram as primeiras doses da vacina contra o vício em cocaína, informou o site da BBC, que acrescentou que estas foram realizadas por uma equipe da Escola de Medicina da Universidade de Yale.
Fornecidas em 55 pessoas, durante cerca de seis meses, esta vacina teve efeito em 38% dos pacientes. Segundo informou o site da BBC, os mesmos conseguiram atingir os níveis adequados de anticorpos para deixar de experimentar a sensação de euforia que produz a droga. Embora também se concluiu que este efeito só durou dois meses, pelo que se teve que repetir o tratamento com outras injeções, publicou o site.
É muito cedo para saber quando poderia estar disponível a vacina, já que recém está em uma fase inicial e ainda não houve resultados totalmente bem-sucedidos, mas é importante acrescentar que esta notícia dá esperança a todos aqueles que tem problemas de dependência e querem deixar a cocaína para começar uma vida mais saudável.

Imagem sujeita a licença CC